depilacao-laser-diodo-clinica-medica-do-porto

Laser de diodo: a melhor opção para depilação permanente

A fotodepilação é o termo usado para englobar todos os sistemas de depilação permanente que utilizam a luz como método de eliminação do pêlo.
Aplica-se uma luz específica e intensa sobre a zona a tratar que aquece a raiz do pêlo sem danificar a pele. As células germinativas responsáveis ​​pelo aparecimento de novos pêlos são destruídas o que leva ao desaparecimento dos pêlos indesejados. É indicada para homens e mulheres.

Existem vários métodos de depilação permanente. Os lasers emitem uma luz pura, potente e seletiva, conseguindo resultados mais eficazes. O laser diodo é considerado o tratamento de referência desde 1998 e permite tratar todos os tipos de pele, da mais clara à negra. Permite obter os mesmos resultados que os métodos mais antigos mas com menor número de sessões.

Estudos mostram que a maioria das pessoas fica sem pêlos. No entanto, devido à capacidade de regeneração natural do nosso organismo, poderão surgir novos folículos capilares nas zonas tratadas, sendo estes pêlos de crescimento mais lento, em menor quantidade e mais finos. Por essa razão podem ser necessárias sessões de manutenção em intervalos de 6 a 12 meses. O número de sessões depende de vários fatores como a cor e espessura do pelo, do fototipo de pele, fatores hormonais e genéticos e, inclusive, da zona a tratar.

Não são conhecidas complicações associadas ao tratamento desde que aplicado corretamente, ou seja, de acordo com as normas de segurança e procedimentos protocolares previamente definidos. O nível de desconforto/dor depende da zona a tratar e da sensibilidade individual, sendo que cerca de 90% das pessoas que se submetem a sessões de laser de diodo definem-no como pouco ou nada doloroso.

Texto de Patrícia Rodrigues, a propósito das sessões de Depilação a Laser da Clínica Médica do Porto.

Photo by Allef Vinicius on Unsplash

Sessão de Depilação com Laser Diodo

Clique para saber mais acerca da sessão de Depilação a Laser Diodo que a Clínica Médica do Porto, coloca ao seu dispor.

shares