Conhecer as Diferenças entre Uma Gripe e uma Constipação

Gripe Resfriado ou Constipação: Como Prevenir, Tratar e Remediar!

Acordou de manhã com a garganta irritada e pingo no nariz e deu consigo a pensar:

“- Há dois anos que não apanhava uma constipação!”

Para quem lê este artigo próximo da sua data de publicação ou ainda durante os primeiros meses de 2022, é incontestável e um facto (ainda) bastante presente, que as medidas sanitárias impostas pela pandemia do COVID19 foram determinantes na prevenção do contágio por vírus ou bactérias patogénicas.

Nos últimos dois anos, sucessivos confinamentos e a adopção massiva deste tipo de comportamentos preventivos pelas populações fizeram cair a pique os casos de gripe e constipações. É precisamente sobre estas doenças respiratórias que iremos falar neste artigo.

Se preferir pode escutar abaixo a versão audio deste artigo:

 

É Gripe, Constipação ou Resfriado?

É aqui que surge, desde logo, a primeira confusão nesta matéria! Importa por isso distinguir o que é uma Constipação (ou um Resfriado) e diferenciá-lo de uma Gripe!

Antes de falarmos de Gripe, concentremos-nos nos termos Constipação e Resfriado, uma vez que eles representam efectivamente a mesma patologia, sendo que neste caso o termo Constipação é mais utilizado em Portugal e o termo Resfriado é mais vulgarmente usado pelos nossos irmãos Brasileiros.

Feito esse esclarecimento, importa também dizer que é relativamente frequente confundir a constipação (ou resfriado) com a gripe, mas na verdade estas são doenças diferentes que (apenas) partilham alguns sintomas em comum.

Abordaremos primeiro as semelhanças: quer os vírus, quer as constipações são causadas por vírus, ambas afetam o sistema respiratório e ambas são contagiosas.

A grande diferença centra-se pois no facto de serem causadas por vírus distintos: a gripe é causada por vírus da família influenza, já a constipação fica a dever-se maioritariamente a vírus das famílias rinovírus e parainfluenza.

Outra das diferenças entre a gripe e a constipação está relacionado com o tipo de sintomas e sua gravidade. A constipação /resfriado apresenta habitualmente um quadro de doença mais ligeira, causando mal-estar durante alguns dias. Já a gripe é de um modo geral mais violenta, provocando algum enfraquecimento que leva com frequência o paciente “à cama”. Importa igualmente mencionar que a gripe apresenta um início mais rápido podendo acarretar risco de complicações que podem resultar em pneumonia e/ ou necessidade de hospitalização.

Sinais e sintomas da Constipação /Resfriado

Na Constipação os sintomas surgem habitualmente de forma gradual.

  • Espirros
  • Dor de garganta (com ou sem inflamação)
  • Irritação da garganta
  • Tosse
  • Nariz entupido
  • Pingo no nariz

Sinais e sintomas da Gripe

No caso da Gripe, os primeiros sinais e sintomas surgem de forma abrupta e repentina.

  • Febre
  • Dor Muscular
  • Dor de Cabeça
  • Fadiga ou Cansaço
  • Tosse

Para clarificar as diferenças entre as patologias, elaboramos um quadro comparativo dos sinais e sintomas. Consulte a tabela abaixo para conhecer os sintomas e aprender a distinguir a Gripe de um Resfriado tendo por base a sua sintomatologia.

SINAIS E SINTOMAS CONSTIPAÇÃO GRIPE
Início Gradual Repentino
Febre Raro Comum
Dor muscular Ligeiro Comum
Dor de cabeça Pouco comum Comum
Fadiga, cansaço Às vezes Comum
Espirros Comum Pouco comum
Dor/ Garganta Irritada Comum Às vezes
Tosse Comum Comum
Nariz entupido / Pingo no nariz Comum Às vezes
Prevenir a Propagação de Gripes e Constipações

Dicas e Conselhos Úteis para Prevenir Gripes e Constipações

Depois do que aprendemos com a pandemia e lembrando que tal como no caso do COVID19 a gripe e constipação são igualmente causadas por vírus respiratórios, as medidas que podemos (ou devemos) adotar para evitar a propagação deste tipo de vírus e assim prevenir o contágio não serão surpresa para nenhum de nós – ora espreite a lista abaixo.

Medidas Sanitárias a Adoptar para Prevenir a Propagação de Vírus

  • Lavar frequentemente as mãos com água e sabão;
  • Ao espirrar ou tossir, respeitar as medidas de etiqueta respiratória, tapando a boca com um lenço de papel ou com o antebraço – não utilize as mãos;
  • Evitar tocar na zona da boca, nariz ou olhos sem ter as mãos lavadas;
  • Usar lenços de papel descartáveis (de utilização única);
  • Se possível, evitar o contacto com pessoas infectadas (com gripe ou constipação);
  • Evitar locais com muitas pessoas (evitar os famosos ajuntamentos);
  • Limpar regularmente objetos e superfícies que possam estar contaminados. Alguns exemplos incluem a maçaneta de portas, mesas de trabalho ou outras;
  • No caso particular da gripe, pondere com o seu médico tomar a vacina todos os anos, principalmente se faz parte dos seguintes grupos: se tem mais de 65 anos; se sofre de doença crónica ou outras doenças que diminuam a resistência às infeções; se está grávida; se é profissional de saúde ou prestador de cuidados de saúde.

Para além destas recomendações, é importante ter noção que um estilo de vida saudável é determinante para ter uma imunidade forte. Se pretende saber mais acerca da forma como o estilo de vida e em particular o Stress afectam a sua imunidade, clique neste link. Veja a seguir como fortalecer o seu sistema imunitário e prevenir estas e outras doenças.

Dicas para Fortalecer o Sistema Imunitário

Se todas estas ideias lhe parecem demais para implementar de uma só vez, recomendamos que leia o nosso artigo que o/a ensinará algumas estratégias para desenvolver bons hábitos de saúde e não só, como ideias práticas para facilitar a sua implementação.

Como Tratar uma Gripe, Constipação ou Resfriado

Estou Engripado ou Constipado! Como Devo Tratar da minha Gripe ou constipação?

Neste capítulo iremos ensina-lo/a como tratar a sua Gripe ou Constipação.

É importante que saiba desde logo que nenhuma da informação veiculada pode ou deve substituir o seu clínico assistente e que em caso de dúvida ou persistência dos sintomas, deve (sempre) consultar o seu Médico ou Farmacêutico.

Feito esse esclarecimento, saiba que na maior parte dos casos, o tratamento da gripe e constipação visa aliviar os sintomas – o seu organismo fará o resto.

Alguns medicamentos cuja venda não está sujeita à obrigatoriedade de apresentação de receita médica podem ajudar a passar melhor por esta maleita – entre estes, destacamos os medicamentos para reduzir a febre (antipiréticos), para as dores (medicamentos analgésicos)- sejam estas dores musculares ou de cabeça, medicamentos para a coriza e/ou nariz entupido (anti-histamínicos ou descongestionantes nasais) e medicamentos para a tosse.

No entanto, e porque a automedicação comporta muitos riscos, tome nota das seguintes indicações para melhorar quer a eficácia quer a segurança da utilização de qualquer medicamento:

  • Se está grávida ou amamenta não tome medicamentos sem falar com o seu médico.
  • Não tome antibióticos sem prescrição médica!
  • Os antibióticos não tratam infeções causadas por vírus, não melhoram os sintomas nem aceleram a cura!  Por favor repita connosco: – Os antibióticos não tratam infeções causadas por vírus, não melhoram os sintomas nem aceleram a cura!
  • Fale com o seu farmacêutico – melhor do que ninguém ele poderá indicar-lhe a melhor forma de tomar os medicamentos corretamente.

Para além da utilização de medicamentos, pode adotar outras estratégias não farmacológicas para acelerar a sua recuperação (ora veja a seguir)!

Estratégias não terapêuticas para ajudar a debelar os Sintomas de Gripe ou Constipação

  • Descanse. Dê tempo de qualidade ao seu corpo. Quanto mais repousado, mais rapidamente o seu organismo será capaz de se reestabelecer;
  • Meça a temperatura ao longo do dia. Se tiver febre e/ ou o antipirético não estiver a fazer o efeito desejado, experimente fazer banhos de água tépida para baixar a febre (sim, precisamente como fazemos com  os nossos bebés!);
  • Mantenha-se hidratado/a. Beba muitos líquidos – nomeadamente água, chá e sumos de fruta. Experimente chá de Ginseng e/ou Equinácea (a primeira é uma raíz muito usada em formulações farmacêuticas da Medicina Chinesa e já a segunda – a Equinácia – é uma planta usada na Fitoterapia Ocidental, apresentando propriedades estimulantes do sistema imunitário). Já agora, acrescente uma colher de mel a estas preparações. A este propósito, se procura uma abordagem menos invasiva para o ajudar com a sintomatologia poderá recorrer à consulta de Medicina Chinesa da Clínica Médica do Porto;
  • Use soro fisiológico para lavar e acalmar a irritação no nariz;
  • rebuçados que o podem ajudar a controlar a tosse e amaciar a garganta, mas tenha cuidado com o excesso de açúcar, não abuse.

O que fazer se tiver Dúvidas Acerca da sua Gripe ou Constipação

Fale com o seu Médico ou Farmacêutico, ligue para a linha Saúde 24 ou consulte o site da DGS.

Data de Publicação: 02/2022

Dúvidas ou questões?

A leitura do presente artigo não dispensa em caso algum a visita ao seu médico assistente, nem substitui a sua opinião. Cada caso deverá ser analisado numa óptica individual e personalizada, com base no historial da paciente.
Clique para conhecer as soluções que a Clínica Médica do Porto, coloca ao seu dispor.

SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER

Fazermos um esforço para lhe oferecer bons conteúdos sem a/ o maçar. Todas as nossas Newsletters possuem um modo de se remover da nossa lista. Acompanhe aos nossos evento, serviços e promoções.


* indica obrigatório

Call Now Button